Por mais que a ciência evolua, que novos exames estejam disponíveis e que os diagnósticos se tornem mais rápidos e precisos, um dos pontos essenciais na assistência à saúde nunca mudou. A relação entre médico e paciente sempre foi e vai continuar sendo o principal pilar desse elo. Assim, por mais que a medicina tenha as ferramentas para tratar doenças e salvar vidas, é preciso ter em mente que ela se baseia em um vínculo pessoal. E essa ligação pode ser determinante no sucesso terapêutico – superando, inclusive, a técnica.

Se a habilidade de saber ouvir é uma das bases fundamentais para todas as conexões que fazemos na vida, ela se torna ainda mais importante na relação entre médico e paciente. Mas isso vai bem além de uma anamnese bem feita e da empatia. Antes de tudo, é preciso estabelecer uma confiança mútua. E essa construção demanda o envolvimento de todos os envolvidos, o que muitas vezes inclui familiares e cuidadores.

relação entre médico e paciente

Boa comunicação é ponto-chave na relação médico e paciente

Por isso, o ponto central da relação entre médico e paciente é a comunicação. Ela precisa ser clara e eficaz, dando espaço para o esclarecimento de todas as dúvidas. E embora a franqueza seja necessária em algumas situações para informar ao paciente sobre o seu estado, o cuidado na maneira de informar sobre diagnósticos e tratamentos precisa estar sempre em foco na conversa.

De um lado, o profissional precisa esclarecer todas as opções terapêuticas e explicar que, apesar de todos os medicamentos e recursos médicos, o efeito do tratamento pode não ser o esperado. Também é essencial informar detalhadamente sobre doenças e procedimentos, o que pode ser feito, riscos de complicações e consequências.

Leia mais:

Como usar a tecnologia para fidelizar pacientes?
Como garantir a segurança do paciente em todas as etapas do atendimento
Como reforçar a fidelização após a consulta

relação entre médico e paciente

Obviamente essa cautela com a forma de se comunicar precisa ser recíproco. O paciente, por sua vez, precisa explicar em detalhes o que sente e suas expectativas diante do que for indicado pelo médico. Pode até parecer algo básico, mas relatar de forma clara os sintomas é um cuidado que evita uma das principais queixas com relação aos profissionais de saúde: a de que eles não entenderam o problema.

Algumas medidas simples que podem ser adotadas na rotina de clínicas e consultórios também são importantíssimas para melhorar a relação entre médico e paciente. São cuidados simples que podem ser esquecidos no dia a dia, mas capazes de fazer uma grande diferença para quem procura os seus serviços e de se tornarem diferenciais.

Leia mais:

Marketing médico: como garantir a sua presença digital
6 dicas para simplificar a rotina do consultório
Como garantir a segurança do paciente em todas as etapas do atendimento

Demonstre atenção ao ouvir o paciente

relação entre médico e paciente

A escuta ativa das queixas deveria ser o ponto mais importante de uma consulta, mas sabemos que a rotina atribulada de uma clínica ou consultório nem sempre permitem que o paciente seja ouvido com o devido cuidados. Por isso, mostre que você está atento ao relato, aproveitando as informações para fazer perguntas objetivas que vão ajudar no seu aconselhamento. Olhe nos olhos e saiba entender quando um paciente está mais ansioso ou estressado. Nesses casos, você até pode aproveitar para conduzir a conversa, mostrando confiança ou até saindo um pouco do foco da consulta para descontrair um pouco. Pergunte se o paciente tem dúvidas, acolha-o e se mostre disponível. Muitas vezes somente essa conversa vai ser suficiente para deixar seu paciente muito mais tranquilo e confiante com relação à sua conduta e ao tratamento aconselhado.

Faça a adequação do tempo das consultas

relação entre médico e paciente

Se você sente necessidade de agilizar a consulta ou precisa apressar seu paciente, certamente o tempo de atendimento precisa ser revisto. Por mais que isso afete na quantidade de pessoas que você vai conseguir atender em um dia, tenha sempre em mente que o principal e deixar que lhe procura suficientemente esclarecido. Por isso, repense sua agenda e refaça o planejamento de tempo das suas consultas. Muitas vezes adicionar cinco ou dez minutos vai dar muito mais tranquilidade para você fazer uma anamnese detalhada e ouvir melhor as queixas. Isso faz com que você atenda com mais calma e paciência e, ao mesmo tempo, melhora a confiança com seu paciente.

Use uma linguagem simples e acessível

relação entre médico e paciente

Por mais que você esteja habituado a termos técnicos, falar com o paciente de uma forma que ele entenda e que não restem dúvidas é uma das melhores formas de acolhimento. Leve em consideração que nem todas as pessoas vão questionar algum termo que elas não entendem, por isso explique em outras palavras, exemplifique e pergunte se você foi claro.

A comunicação acessível, além de garantir o entendimento, faz com que o paciente se sinta mais seguro e confortável. Isso o aproxima de você, gerando mais confiança, e ao mesmo tempo garante mais segurança, já que um paciente bem informado costuma se engajar melhor no tratamento e se sentir mais à vontade.

Pós-atendimento: uma forma fácil e eficaz de melhorar a relação médico e paciente

relação entre médico e paciente

A comunicação e o relacionamento entre médico e paciente não se esgota no fim da consulta – muito pelo contrário. Mesmo que não haja nenhum tratamento a seguir, esse elo precisa ser reforçado. Por isso, lance mão de uma estratégia que fortaleça esse laço. E isso vai muito além de um cartão de Natal.

Conteúdos de interesse do seu público, novidades no consultório, novos procedimentos e até mesmo orientações dirigidas para a recuperação de algum problema ou após procedimentos são só algumas formas de você se manter presente e próximo da sua base de clientes. Isso pode ser feito com pouquíssimo trabalho, de forma automatizada, com a ajuda da tecnologia e de ferramentas de automação de marketing específicas para médicos.

Que tal conhecer as soluções especialmente criadas pela Gestão DS para estreitar a sua relação com os pacientes? Conheça as várias ferramentas de comunicação e marketing da plataforma que vão ajudar nesse trabalho de forma prática e rápida!

Newsletter GestãoDS

Semanalmente os melhores conteúdos para médicos empreendedores.
Hidden
LGPD*

Ao enviar seus dados você declara que concorda com a nossa Política de Privacidade.

logo GestãoDS
Simples e Descomplicada – O melhor software para médicos com pacientes recorrentes.

Siga Nas Redes Sociais

Todos os direitos reservados | Suno Sistemas – CNPJ: 23.640.571/0001-96 | Política de Privacidade e Termos de Uso